• Dia de Defesa da Fauna
  • A proposta do dia Nacional de Defesa da Fauna, marcada em 22 de setembro, é expor as principais dificuldades em proteger nossa diversidade biológica, considerada uma das maiores do planeta. Obstáculos como a ocupação humana desenfreada, a destruição dos habitats naturais e principalmente o tráfico de animais silvestres são os principais pontos que o dia de Defesa da Fauna pretende expor e debater com a sociedade.

    defesa_fauna

    O tráfico de animais silvestres é uma das maiores atividades predatórias contra a fauna. Das florestas brasileiras são retirados em média 12 milhões de animais a cada ano. Dentro desta estatítisca, para cada animal vendido nove morrem. O tráfico de animais só perde para o tráfico de drogas e de armas na escala dos mais rentáveis.

    Algumas legislações ajudam a proteger a fauna no país. Conheça um pouco:

    Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC), a Lei de Crimes Ambientais e o Código florestal indiretamente pela preservação dos habitats e recursos naturais;

    Lei de Proteção à Fauna (em nivel federal) e o Código de Proteção aos Animais (São Paulo)

    Mesmo assim, sem fiscalização eficaz, mais de 12 milhões de animais são contrabandeados todos os anos, sendo que 70% servem para o mercado Internacional.

  • em Blog + Eventos
  • Deixe uma resposta


    4 + sete =