• O bueiro inteligente: solução para enchentes
  • Sabe aquele saco de plástico que jogamos na rua? E o papel? E a garrafa pet? Os garis não dão conta de limpar e retirar tanta sujeira nas cidades. Com a chuva, tudo vai parar nos bueiros levados pela água. Eles entopem e o problema das enchentes se iniciam. E não adianta varrer a frente de minha casa, empurrando a sujeira para o lado do vizinho….isso apenas nos tira o “peso das costas”, mas o problema vai continuar.

    A empresa Ecco Sustentável lançou um novo sistema para limpeza de bueiros que tem como objetivo reduzir as enchentes e a poluição de rios e córregos. O produto vem sendo testado com sucesso em algumas subprefeituras de São Paulo e em cidades do interior. Trata-se de sistema composto por um filtro e um software,  para identificar e gerenciar a situação dos bueiros e bocas de lobo.

     

     

    O filtro age como uma peneira, permitindo a água passar, mas retendo o material sólido. Cada cesto contém um Ecco Gestor – um software que avisa a central quando o lixo alcança 80% da sua capacidade. Dessa forma, o sistema impede a obstrução dos bueiros e permite maior agilidade para a limpeza da cidade.

    “O teste se mostrou eficiente em toda a problemática vigente. A coleta foi executada em tempo recorde. Um trabalho que, na média, demanda meia hora, foi realizado em menos de cinco minutos”, conta o diretor da Ecco Sustentável, Carlos Chiaradia.

    O sistema Ecco tem por finalidade reter os resíduos sólidos urbanos, impedindo que alcancem os rios e evitando que entupam os bueiros. O filtro é confeccionado em material termoplástico e tem capacidade para 300 litros, enquanto o software, interligado à Ecco, gerencia o sistema e comanda as operações. Segundo Chiaradia, o sistema é capaz de eliminar os problemas que ele aponta como recorrentes, quando se trata de cuidar dos bueiros. “Atualmente, é necessário entrar no bueiro para limpá-lo, além do que o resultado da manutenção não é adequado à recém-aprovada Política Nacional de Resíduos Sólidos”, comenta.

    Segundo os dados fornecidos pela empresa, cada subprefeitura tem em média 15 mil bueiros, o que equivale a um gasto médio mensal de 150 mil reais. De acordo com o executivo, o sistema atual de limpeza de bueiros “é caro, ineficiente, de difícil gestão, gera entupimentos, mau cheiro e doenças para a população”, ele aponta, e diz que o software Ecco Gestor é uma ferramenta que pode reduzir significativamente tais ocorrências.

    Interessados em adquirir o Ecco filtro, acesse aqui.

    Ou faça contato pela página da empresa no facebook aqui.

    Fonte: Astraliza

    Sexta-feira, 05 de outubro de 2012.

  • em Blog
  • Deixe uma resposta


    × 5 = dez